GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE EQUIPAMENTOS ELETROELETRÔNICOS

Resumo: A principal característica do projeto é a inovação, pois irá permitir a inserção de uma nova linha de pesquisa na UFES que visa atrair alunos e pesquisadores no desenvolvimento de pesquisas envolvendo o resíduo de equipamento eletroeletrônico (REEE) dando o pontapé inicial para a exploração científica desse tema. O projeto de pesquisa também permitirá o desenvolvimento da estrutura física laboratorial capaz de atender futuras demandas de pesquisa.
Além destes objetivos, a execução do projeto vai de encontro com a missão da UFES em atender aos requisitos apresentados nas Instruções Normativas(IN) 01/2010 e 10/2012, ambas da SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO do MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. As INs tem a finalidade de, respectivamente, estabelecer critérios de sustentabilidade ambiental na aquisição de bens, contratação de serviços ou obras na Administração Pública Federal, e estabelecer as regras para elaboração dos Planos de Gestão de Logística Sustentável pela administração pública federal bem como suas vinculadas. Dentre os requisitos, está inserida a implantação de um Plano de Gestão Sustentável dos Resíduos Sólidos gerados nos campi universitários, atividade esta incumbida a recém criada Coordenação de Meio Ambiente e Sustentabilidade (CMAS). Tal coordenação está ligada à Gerência de Planejamento Físico da Prefeitura Universitária, que foi criada em 10 de abril de 2014 com a Resolução n. 08/2014 do Conselho Universitário.
Assim, o presente projeto que trata do Gerenciamento de REEE além de ter caráter multidisciplinar, se caracteriza por tratar de um tema atual e de grande relevância. A relevância pode ser percebida pela necessidade de atendimento tanto de mercado quanto política, tendo em vista: as exigências instituídas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS – Lei 12.305/2010), que inclui o REEE na lista dos resíduos que deverão implementar a logística reversa; apoio ao atendimento do Plano de Gerenciamento de Resíduos dos campi da UFES (em elaboração); o atual cenário estadual e nacional carente de soluções técnicas no que diz respeito a todas as etapas do gerenciamento do REEE; a crescente geração e acúmulo de REEE impulsionada pela inovações tecnológicas; o potencial poluidor do REEE devido à presença de componentes perigosos; e por fim, o alinhamento com as políticas internacionais de gerenciamento de REEE.
Outra característica do projeto se refere a sua aplicabilidade, primeiramente devido à exigência legal, já citada, que apesar de ainda carecer de regulamentação já define algumas etapas como sendo obrigatórias (como a logística reversa), e em segundo lugar, em função da necessidade do encaminhamento do REEE para processos como reciclagem, reuso e tratamento, ainda incipientes no Brasil e que necessitam de desenvolvimento, reduzindo assim o volume enviado para aterros sanitários. Neste contexto, a Universidade desempenha expressivo papel no que se refere à busca de tecnologias e na discussão das questões políticas pertinentes.
Por fim, o projeto prevê o desenvolvimento de uma linha de pesquisa que abrirá portas para alavancar diversas pesquisas futuras envolvendo todas as etapas do gerenciamento e do ciclo de vida do REEE. Não se trata de um projeto com uma finalidade restrita, mas sim, de múltiplas possibilidades para explorar os diversos desdobramentos que tangem a questão dos REEE.

Data de início: 2015-09-01
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Raphaela Moura do Nascimento Ronchi
Aluno Mestrado IZABELLA VICENTIN MOREIRA
Aluno Mestrado LARISSE SUZY SILVA DE OLIVEIRA
Aluno Mestrado VINÍCIUS COELHO NÓBREGA DA MOTTA
Coordenador LUCIANA HARUE YAMANE

Páginas

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910