GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE EQUIPAMENTOS ELETROELETRÔNICOS

Resumo: A principal característica do projeto é a inovação, pois irá permitir a inserção de uma nova linha de pesquisa na UFES que visa atrair alunos e pesquisadores no desenvolvimento de pesquisas envolvendo o resíduo de equipamento eletroeletrônico (REEE) dando o pontapé inicial para a exploração científica desse tema. O projeto de pesquisa também permitirá o desenvolvimento da estrutura física laboratorial capaz de atender futuras demandas de pesquisa.
Além destes objetivos, a execução do projeto vai de encontro com a missão da UFES em atender aos requisitos apresentados nas Instruções Normativas(IN) 01/2010 e 10/2012, ambas da SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO do MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. As INs tem a finalidade de, respectivamente, estabelecer critérios de sustentabilidade ambiental na aquisição de bens, contratação de serviços ou obras na Administração Pública Federal, e estabelecer as regras para elaboração dos Planos de Gestão de Logística Sustentável pela administração pública federal bem como suas vinculadas. Dentre os requisitos, está inserida a implantação de um Plano de Gestão Sustentável dos Resíduos Sólidos gerados nos campi universitários, atividade esta incumbida a recém criada Coordenação de Meio Ambiente e Sustentabilidade (CMAS). Tal coordenação está ligada à Gerência de Planejamento Físico da Prefeitura Universitária, que foi criada em 10 de abril de 2014 com a Resolução n. 08/2014 do Conselho Universitário.
Assim, o presente projeto que trata do Gerenciamento de REEE além de ter caráter multidisciplinar, se caracteriza por tratar de um tema atual e de grande relevância. A relevância pode ser percebida pela necessidade de atendimento tanto de mercado quanto política, tendo em vista: as exigências instituídas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS – Lei 12.305/2010), que inclui o REEE na lista dos resíduos que deverão implementar a logística reversa; apoio ao atendimento do Plano de Gerenciamento de Resíduos dos campi da UFES (em elaboração); o atual cenário estadual e nacional carente de soluções técnicas no que diz respeito a todas as etapas do gerenciamento do REEE; a crescente geração e acúmulo de REEE impulsionada pela inovações tecnológicas; o potencial poluidor do REEE devido à presença de componentes perigosos; e por fim, o alinhamento com as políticas internacionais de gerenciamento de REEE.
Outra característica do projeto se refere a sua aplicabilidade, primeiramente devido à exigência legal, já citada, que apesar de ainda carecer de regulamentação já define algumas etapas como sendo obrigatórias (como a logística reversa), e em segundo lugar, em função da necessidade do encaminhamento do REEE para processos como reciclagem, reuso e tratamento, ainda incipientes no Brasil e que necessitam de desenvolvimento, reduzindo assim o volume enviado para aterros sanitários. Neste contexto, a Universidade desempenha expressivo papel no que se refere à busca de tecnologias e na discussão das questões políticas pertinentes.
Por fim, o projeto prevê o desenvolvimento de uma linha de pesquisa que abrirá portas para alavancar diversas pesquisas futuras envolvendo todas as etapas do gerenciamento e do ciclo de vida do REEE. Não se trata de um projeto com uma finalidade restrita, mas sim, de múltiplas possibilidades para explorar os diversos desdobramentos que tangem a questão dos REEE.

Data de início: 2015-09-01
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado GABRIELA BOECHAT PÓVOA MACIEL
Aluno Mestrado VINÍCIUS COELHO NÓBREGA DA MOTTA
Coordenador LUCIANA HARUE YAMANE
Vice-Coordenador Renato Ribeiro Siman
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910